O meu obrigado…

Para todos os que votaram PS, o meu obrigado…

Mas agradeço também a todos aqueles que votaram PSD, CDS e não votaram… pois ambos colaboram e colaboraram para que eu fique mais pobre, e eu já não sabia o que fazer ao dinheiro.

Como agradeço a estes por continuarem a contribuir para quem mais têm continue a pagar menos;

Só assim podemos empurrar a dor de ter riqueza, para aqueles que já muito possuem… muito obrigados a todos…

Como é bom, cada vez mais, ver a rua com sem abrigos, famílias sem terem o que dar aos seus filhos… minha rica comunicação social que todos os dias das-me o prazer de ver a miséria ao natural, pois por ti nada sei…

só sei que é inevitável

http://economico.sapo.pt/noticias/iva-aumenta-para-23_100323.html

Anúncios

150.000 postos de trabalho

Tardaram mas estão quase a cumprir…

Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Uma promessa é uma promessa…

Notícia do «Jornal de Negócios»: Cabras-bombeiro. Portugal e Espanha lançam projecto de 50 milhões para limpar florestas. 150.000 cabras-bombeiro vão andar a pastar em Portugal e Espanha. O projecto, de 50 milhões de euros, visa prevenir os incêndios (…)

Finalmente cumpre-se a promessa eleitoral, antiga, de criação de 150 mil novos postos de trabalho. São medidas como esta que nos ajudam a aumentar a confiança nas instituições e na classe política em geral, e em particcular no Sócrates e Zapatero.

Não, não sou invejoso…

Fico triste ver o povo português eleger pessoas que em nada contribuem para o desenvolvimento, sustentado, de Portugal…
Fico triste ver o povo português a votar em partidos que têm contribuído, ao longo destes trinta anos, para aprofundar a miséria em que vive o povo português…
Fico triste ouvir o povo a dizer “estes políticos são uns vigaristas…”, em vez de dizer que determinados partidos só têm políticos vigaristas…
Fico triste ouvir o povo dizer “isto é uma vergonha, estamos num pais governado por vigaristas… mas eu não votei neles, aliás não votei em ninguém…
(como se o não exercício do dever de votar, fosse benéfico para o pais… enquanto na verdade é benéfico para quem ganha, fazendo com que o sistema mantenha-se em prol de quem mais possui)
Fico triste ouvir que não vale a pena votar, pois o voto não muda nada
Se os trabalhadores votassem em quem defende, verdadeiramente, os seus direito… em vez de votarem naqueles que a comunicação social dá mais “tempo de antena”, em vez de votarem naqueles porque gostam de votar em quem ganha – como se de um clube tratasse -; Isto mudava, pois os trabalhadores que são prejudicados nos seus direitos e NO SEU DIREITO DE VIVER são mais de 90% dos cidadãos, logo deveria ganhar quem verdadeiramente pensa e trabalha em prol destes.
Fico triste ver os “capitalistas” andarem a dizer que isto está mal porque têm menos LUCROS, não é devido a terem prejuízos, enquanto isso muitos trabalhadores, com trabalho passam fome.
Fico triste ver os trabalhadores votarem naqueles que só pensam em lucrar com a pobreza dos outros e que a fim de manterem o poder, tudo fazem… mesmo que seja escandaloso.
A VERGONHA É ALGO QUE, TAMBÉM, DEIXOU DE HAVER se houvesse, pelo menos vergonha, não haveriam nomeações destas, que servem para proteger? quem? O quê?

Ver publicação no Diário da República

Somos os maiores…

É nestas coisa que vemos como Portugal está muito à frente de qualquer pais “civilizado”, não fossemos ao longo de mais 30 anos governados por verdadeiros digníssimos xuxas, compadres e socratinos… tudo em nome da construção de um pais que acolhe e protege quem mais necessita, no seu dia-a-dia; Protegendo aqueles que precisam de muitos euros para manterem a politica bolsista activa, a fim de não deixarem o valor das acções descerem, assim como de nacionalizarem o prejuízo originado pela especulação bolsista; Proteger e aumentar as contas bancárias de quem pode e deve ter ainda mais, criando condições económicas e legislativas para que a exploração de quem trabalha seja ainda mais facilitada, só assim é que não é desviado qualquer cêntimo dos lucros, em benefício de quem trabalha e que produz o lucro que enche o bolso destes senhores; E caso de prejuízo o estado paga…

Pois é nós temos os buracos originais, enquanto outros precisam de produzir artificiais, o nosso desenvolvimento é enorme…

Obrigado a todos os que ao longo destes anos têm contribuído para a eleição destes senhores que desenvolveram imenso o nosso Pais, tornando-o o pais da escravatura moderna.






Anedota

Francisco Louçã:



– Senhor Primeiro Ministro, isto está de tal maneira que até as

raparigas licenciadas têm que se prostituir para sobreviver.



O Primeiro Ministro com o seu sorriso responde:

– Lá está o Senhor Deputado a inverter tudo,…. o que se passa é que

o nosso sistema de ensino está tão bom, que até as prostitutas hoje

são licenciadas…

Menu – A última ceia dos contratados

Entradas
Estatuto da Carreira Docente
Novo Projecto de Contratação

Pratos do Dia
Paixão pela educação economicista poivrée
Ministra suada com exames e maionese

Valter Lemos eduquês coq au vin

Professor transumante, servido nas filas para o
subsídio de desemprego

Prato Komplicadex
Contratação pelas escolas com perfil do candidato “à cunhex”.

Especialidades da Casa
Meia dose de horas com puré e sem aditamento até ao 3º período
Prof. sem Julho e Agosto, acompanhado com
despedimento
Prof. sem poder concorrer no 3º período servido no espeto
Prof. renovável duas vezes por 3 meses com puré
de maçã
Concurso nacional “ à Salazar”
Professor de enriquecimento curricular a 8€ à hora, na brasa
Professor “chanfana” com “qualificação profissional ”, excluído pelo sistema
Professor “habilitação-própria”, capão, impedido
de aceder à profissionalização Contratados sem calorias, com tempo de serviço reduzido a 0%
Professoras fritas com licença de maternidade
reduzida a puré

Sobremesas
Contratos sucessivos sem vinculação flambés
Grupo de técnicas especiais com bolacha ralada

Notas do Gerente:
Estes são os pratos disponíveis para a Última Ceia dos Contratados a ter lugar no mês de Julho. No próximo ano, segundo o modelo de contratação proposto e na forja, a dos Professores contratados não auferirá vencimento nos meses de Julho e Agosto, pelo que esperam que seja a Ministra da Educação a convidá-los para cear.

Estão esgotados os seguintes pratos:
– Respeito pelos professores – Respeito pelos alunos -Respeito pelo Código do Trabalho, sendo os professores contratados ano após ano sem obrigatoriedade de vinculação por parte do Ministério da Educação

ANTES DA POSSE


O nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que

não lutaremos contra a corrupção.

Porque, se há algo certo para nós, é que

a honestidade e a transparência são fundamentais.

para alcançar os nossos ideais

Mostraremos que é uma grande estupidez crer que

as máfias continuarão no governo, como sempre.

Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo da nossa acção.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que

se possa governar com as manchas da velha política.

Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que

se termine com os marajás e as negociatas.

Não permitiremos de nenhum modo que

as nossas crianças morram de fome.

Cumpriremos os nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

DEPOIS DA POSSE
Basta ler o mesmo texto acima, DE BAIXO PARA CIMA

Alguém vai voltar a acreditar?

Se o pior aconteceu…

pior emprego
pior justiça
pior educação
pior corrupção
pior repressão
pior desertificação
pior saúde
pior tráfico de influências
pior segurança
pior estabilidade
pior economia

…e não corrigimos o nosso engano, é o mesmo que repetir nossos erros!

Alguém vai voltar a acreditar?



Em 2005…
“… objectivo recuperar 150.000 empregos …”



Em 2009, volta a prometer:
«Como primeira medida do programa eleitoral do PS, José Sócrates destacou o apoio “à integração profissional de 25 mil desempregados que não têm ainda acesso ao subsídio de desemprego”.
Outra aposta do programa será impedir que as pessoas com incapacidade total, devido a deficiências, possuam um rendimento abaixo do limiar da pobreza. “Uma pessoa com deficiência nestas condições não poderá ficar abaixo do limiar da pobreza”, sublinhou Sócrates, tendo ao seu lado durante a conferência de imprensa António Vitorino, que coordenou o programa eleitoral.
( Programa Eleitoral do PS, em 2009)

MAS…
Deficientes com IRS mais agravado
Rendimentos mais baixos vão pagar o dobro de imposto.
Os impostos sobre os salários e rendimentos dos contribuintes solteiros ou casados vão aumentar em 2008. Mas pior estão os contribuintes deficientes de mais baixos rendimentos: passam a pagar o dobro dos impostos, de acordo com um estudo efectuado pela consultora BDO, com base no Orçamento de Estado para 2008.
Diário de Notícias – 14 Outubro 2007

Uma professora de Regedoura (Ovar), a quem foi retirada parte da língua devido a um cancro, também viu negada a reforma por invalidez.
31.01.2008 – 09h19 Lusa


Isabel Soares, de 57 anos, professora de educação visual na EB 2,3 e Secundária de Caminha e com mais de 30 anos de serviço, está de baixa desde 2001, quando lhe foi diagnosticado um cancro. Já foi a duas juntas médicas, uma em Viana do Castelo e outra no Porto, mas de ambas as vezes foi-lhe recusada a reforma completa.
Reforma negada a doente crónica
JN – 2007-07-19

Maria da Conceição Ferrão, de 57 anos, é a protagonista do mais recente caso de uma professora com cancro a quem a Caixa Geral de Aposentações (CGA) negou a reforma antecipada.
A docente de Português e História da Escola EB 2/3 Dr. João de Barros, na Figueira da Foz, tem um cancro no cólon. A doença foi-lhe diagnosticada em 1999. Em Outubro desse ano foi operada e, dada a complexidade da operação – ficando mesmo sem parte do intestino -, hoje não controla as funções intestinais (…)

Um cidadão que veja negado o seu pedido de reforma antecipada devido a doença por uma junta médica de recurso terá de pagar uma taxa de 25 euros, segundo uma portaria publicada em Diário da República. 
Portugal Diário – 30-01-2008 – 16:08h

Está para nascer alguém mais mentiroso do que tu!
Votar em Sócrates, que só por si já era mau, é votar também na mudança, para que tudo fique na mesma! Ora veja…

Candidatos a deputados:

José Sócrates, actual Primeiro_ministro
Fernando Serrasqueiro, secretário de Estado
Inês de Medeiros, actriz
Miguel Vale de Almeida, do Movimento de Lésbicas e Gays
Hortense Martins, actual deputada
Valter Lemos, secretário de Estado da Educação
Maria de Belém (Aveiro)
Luís Pia Ameixa (Beja)
António José Seguro (Braga)
Mota Andrade (Bragança)
Ana Jorge (Coimbra, actual Ministra da Saúde)
Jaime Gama (Lisboa, Presidente da Assembleia da República)
João Soares (Faro)
Miranda Calha (Portalegre)
Alberto Martins (Porto)
Jorge Lacão (Santarém)
Vieira da Silva (Setúbal, Ministro da Segurança Social)
Rosalina Martins (Viana do Castelo)
Pedro Silva Pereira (Vila Real, Ministro da Presidência)
José Junqueiro (Viseu)
Carlos Zorrinho (Évora)
Francisco Assis (Guarda)
Luís Amado (Leiria)
Ricardo Rodrigues (Açores)
Bernardo Trindade (Madeira)
Vera Jardim ( Lisboa)
Alberto Costa ( Lisboa)

«Ser deputado não é uma es
cravatura», diz Almeida Santos
A polémica da falta dos deputados continua a gerar reacções. Agora é o histórico do Partido Socialista, Almeida Santos, que defende os faltosos e até sugere que não haja votações à sexta-feira.

«Quanto às justificações para as faltas, é verdade que a sexta-feira é, em si própria uma justificação, porque é véspera de fim-de-semana. Eu compreendo isso. Talvez esteja errado que as votações sejam à sexta-feira. Não julguemos também que ser deputado é uma escravatura, porque não é, nem pode ser. É preciso é arranjar horas para a votação que não sejam as horas em que normalmente seja mais difícil e mais penoso estar na Assembleia da República», frisou.
Portugal Diário – 13-12-2008 – 20:30h
Será que também teremos justificação se formos de fim-de-sema
na à quinta-feira?

Economia Portuguesa estagnada, mas uma actriz na Assembleia da República vai, com certeza, ajudar ao teatro e enriquecer o país! 
Inês de Medeiros e Miguel Vale de Almeida vão integrar a lista de candidatos do PS pelo círculo de Lisboa em lugares elegíveis!
CM – 02 Maio 2009 – 00h30

Casa Pia: Presidente da Assembleia acusou João A. de difamação
Jaime Gama perde processo
O presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, voltou a perder no processo em que acusa um casapiano de difamação e injúrias por o ter implicado no caso de pedofilia da Casa Pia. Resta agora a Jaime Gama a possibilidade de recurso para o Supremo Tribunal de Justiça.

A DECISÃO DO TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE LISBOA MANTEVE A ANTERIOR SENTENÇA DO TRIBUNAL CRIMINAL DE LISBOA QUE ABSOLVEU AQUELE QUE É CONHECIDO POR JOÃO A., UMA DAS PRINCIPAIS TESTEMUNHAS DO PROCESSO CASA PIA. (…)


Lusa Paulo Pedroso chegou a ser arguido no processo Casa Pia
31 Março 2009 – 00h30
Casa Pia: Tribunal da Relação indefere recurso
Pedroso perde contra vítimas
Paulo Pedroso não fez prova de que as vítimas que o envolveram no processo Casa Pia mentiram. Este foi o entendimento do Tribunal da Relação de Lisboa que indeferiu um recurso do socialista que visava levar a julgamento, por denúncia caluniosa e difamação, Carlos Silvino e os seis jovens que referiram o seu nome no escândalo de pedofilia.
(…)

Dia 27 de Setembro irás perceber que o POVO é quem mais ordena!
Primeiro-ministro de Portugal desde 12 de Março de 2005 até 27 de Setembro de 2009.
Secretário-geral do Partido de Sócrates, ex Partido Socialista, desde Setembro de 2004 até 27 de Setembro de 2009.