O GRANDE LIDER…

Por vezes quando vou, descansadamente, nos transportes públicos fico estupefacto com o que as pessoas dizem, e parto do principio que pensam…
Pessoas que elogiam à “boca cheia” outras pessoas que impõem politicas em benefício de quem explora estes mesmos “iluminados”, que proferem os elogios em causa.
É motivo para dizer… pai perdoa-lhes as suas capacidades limitadas que são fruto dos teus erros…
Para tristeza minha, existem trabalhadores que trabalham para sobreviver, e que pouco mais têm do que o suficiente para saciarem a sua fome… que contribuem através dos seus actos e palavras para a continuação da exploração de quem só possui a sua força de trabalho para sobreviver…
São pessoas que já não sabem o que é viver, limitam-se a sobreviver… e no dia que tiverem oportunidade para viver morrem, porque já não sabem viver sem sofrer…

Anúncios

EUA suspendem retirada de feridos graves do Haiti


O Exército norte-americano suspendeu hoje os voos de retirada de feridos graves haitianos, à espera de uma decisão sobre quem paga os seus cuidados médicos.


“Temporariamente suspendemos os voos de evacuação dos haitianos, mas temos meios de os retomar”, disse o capitão Kevin Aandahl, porta-voz da Transcom, unidade de gestão dos transportes do Pentágono, num comunicado enviado à France Presse.

“Aparentemente, alguns Estados (norte-americanos) recusam-se a aceitar no seu território pacientes haitianos que precisam de cuidados pós-operatórios, e nós não podemos transportar se não nos deixam aterrar”, prossegue no mesmo texto.

Alguns Estados, como a Florida, declinam o encargo dos custos dos cuidados prestados aos haitianos feridos na sequência do sismo de 12 de janeiro.

O governador da Florida, Charlie Crist, pediu já oficialmente ao Governo Federal que participe nos custos dos cuidados prestados aos haitianos.

Louvor por 4 dias de trabalho…


O problema do nosso pais é isto mesmo, é “contratarem” trabalhadores que são uns verdadeiros fenómenos.

Enquanto para uns só existe trabalho, pessimamente remunerado, para outros o trabalho é ter mérito e mais valias num “piscar de olhos”, com o trampolim de quem usa os meios de todos nós em prol de meia dúzia; Enquanto retiram direitos aos trabalhadores, com o falsos argumentos, dão “fortunas” a quem nada faz, a não ser…

Esta Srª conseguiu ganhar um louvor em quatro dias, “de árduo trabalho”, sendo que deve ter gasto um dia a arrumar a secretária, um dia a requerer os seus privilégios, um dia a debitar teorias e o último dia a arrumar a secretária.

Todos nós temos a certeza de que esta Srª contribuiu, e em muito, para o sucesso do serviço…

E para quem diz que o Sr. Primeiro-ministro não faz nada por quem trabalha, ai está o desmentido… pois tenho a certeza que reconheceu mérito a esta Srª logo no primeiro dia de trabalho, atribuiu-lhe o louvor no segundo dia… a burocracia é que demorou dois dias a redigir o louvor.

Bem haja… assim chegaremos lá…

A jovem mandatária

  • Se o Sócrates ganhar todos os jovens vão ter uma empregada para, entre as várias tarefas domésticas, tirar os caroços das cerejas. Talvez seja uma forma de criar 150.000 empregos. A jovem mandatária, como boa aluna da casa, e porque não gosta de perder, prefere fazer batota.
  • Outros atributos da jovem, e política à parte (nas suas preocupações dispensa o desemprego, a precariedade, o problema da habitação, tudo assuntos de quem não tem empregada e que tem de descaroçar), não são para desprezar e sem dúvida merecem realce.
  • Com este PS ainda se espera alguma coisa?