Senhores da guerra

No decurso de uma série de acções da associação Iraq Veterans Against War (IVAW – Ex-combatentes no Iraque contra a guerra), operação intitulada “Winter Soldiers” (Soldados de Inverno), o cabo Mike Prysner conta a sua experiência no Iraque e explica como tomou consciência da natureza da guerra que o mandaram fazer.
Este vídeo foi amplamente divulgado nos EUA, entre outros pelo site do realizador Michael Moore http://www.michaelmoore.com e pelo site alternativo Common Dreams http://www.commondreams.org).
Ao longo dos anos os EUA infiltraram-se, e infiltram-se, em todos os Países em que poderão obter lucro, lucro que tem que ser obtido a qualquer custo. O petróleo, os mercados, o domínio de determinado povo, é sempre um objectivo para alcançar ganhos financeiro.
Mas não é os EUA como estado que ganham, quem ganha são meia dúzia de banqueiros e fabricantes de armas. O povo americano que possui a sua consciência atrofiada devido à doutrina emanada pelos “homens do poder” e ao controlo do pensamento que é exercido nos EUA, assim como pelo mundo fora, através dos órgãos de comunicação social e agências noticiosas, com o fim de fazer acreditar que quando “qualquer grupo” não se submete à doutrina emanada pelos senhores todos poderosos, e bastando a palavra dos senhores da guerra, esses grupos são terroristas e é preciso aniquila-los.
Mas nada disto é novo, pois Nelson Mandela durante muitos anos esteve na lista dos terroristas.

Anúncios