Artigo e prémios…

A Liberty companhia de seguros, vem na sua revista «Liberty em ação» nº 33, de março de 2013, gabar-se que foi-lhe atribuído o prémio «Excelência no trabalho 2012». Este prémio foi-lhe imputado pelo Diário Económico em parceria com o ISCTE e a Heidrick & Struggles. A guerra dos diversos reconhecimentos, faz também como que por exemplo a Fidelidade diga que a “Reader´s Digest elegeu Fidelidade como marca de confiança”. 
Nestes guerras de competências o trabalhadores estão bem alheios, no entanto causa confrangimento que a Liberty tenha feitos todas as diligências para obter um reconhecimento onde deveria ter vergonha, onde as firmas que deram a aprovação, sabe-se lá a que preço, não investigaram as reais condições dos trabalhadores da Liberty. 
A Liberty está dotada dum controlo de assiduidade que mais parece um controlo de assédiudade. Os trabalhadores, tem que cumprir as sete horas por dia, e é lhes dito que se fizerem mais horas depois compensam e é-lhe dado um certo tempo para usufruírem d as horas em crédito. Ora devido ao acumular do serviço, os trabalhadores, chegam a acumular mais de 200 horas por ano e não as podem gozar, porque expira o prazo do usufruo das horas. 
Portanto é de perguntar a que titulo e que métodos utilizaram o Diário Económico, o ISCTE e a Heidrick & Struggles para dar este prémio à Liberty, porque daquilo que sabemos a única referência positiva é o carro da fruta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s