Contratos de "swap"

Metros de Lisboa e Porto perdem dois mil milhões na roleta financeira
Empresa somam dois mil milhões de euros de prejuízos com contratação de produtos de risco. Empresas terão de endividar-se ainda mais para pagar “swaps”

Publicado às 00.15

   CARLA SOFIA LUZ e NUNO MIGUEL MAIA

Bancos ganham milhões com “seguros” de crédito ruinosos para empresas públicas

Os metros do Porto e de Lisboa estão a perder dois mil milhões de euros por terem contratado um produto financeiro arriscado, associado a empréstimos bancários. O buraco nas contas não para de aumentar.
O Governo mandou a Inspeção-Geral de Finanças passar a pente fino todas as operações de financiamento da Metro do Porto, que já acumula uma perda potencial superior a 832,3 milhões de euros. No Metropolitano de Lisboa, os instrumentos de gestão de risco financeiro, conhecidos no meio bancário como “swaps”, abriram um buraco ainda maior: superava os 1,13 mil milhões no terceiro trimestre do ano passado.
As quatro normas chumbadas pelo TC somadas à infame C.E.S. ainda ficam abaixo destes montantes!
Ninguém reparou que os milhões que se perdem nas empresas públicas enchem os cofres dos bancos e no final são os reformados, os funcionários públicos e os desempregados que pagam???