A morte da executiva bem-sucedida …

Foi tudo muito rápido. A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito, vacilou, cambaleou. Deu um gemido e apagou-se. Quando voltou a abrir os olhos, viu-se diante de um imenso Portal.
Ainda meio tonta, atravessou-o e viu uma miríade de pessoas. Todas vestindo cândidos camisolões e caminhando despreocupadas. Sem entender bem o que estava a acontecer, a executiva bem-sucedida abordou um dos passantes:


– Enfermeiro, eu preciso voltar com urgência para o meu escritório, porque tenho um meeting importantíssimo. Aliás, acho que fui trazida para cá por engano, porque o meu seguro de saúde é Platina, e isto aqui está a parecer-me mais a urgência dum Hospital público. Onde é que nós estamos?

– No céu.

– No céu?…

– É.

– O céu, CÉU…?! Aquele com querubins, anjinhos e coisas assim?

– Exacto! Aqui vivemos todos em estado de graça permanente.


Apesar das óbvias evidências, ausência de poluição, toda a gente a sorrir, ninguém a usar telemóvel, a executiva bem-sucedida levou tempo a admitir que havia mesmo batido a bota.

Tentou então o plano B: convencer o interlocutor, por meio das infalíveis técnicas avançadas de negociação, de que aquela situação era inaceitável. Porque, ponderou, dali a uma semana iria receber o bónus anual, além de estar fortemente cotada para assumir a posição de presidente do conselho de administração da empresa.

E foi aí que o interlocutor sugeriu:


– Talvez seja melhor a senhora conversar com Pedro, o coordenador.

– É?! E como é que eu marco uma audiência? Ele tem secretária?

– Não, não. Basta estalar os dedos e ele aparece.

– Assim? (…)

– Quem me chama?


A executiva bem-sucedida quase desabava da nuvem. À sua frente, imponente, segurando uma chave que mais parecia um martelo, estava o próprio Pedro.

Mas, a executiva tinha feito um curso intensivo de approach para situações inesperadas e reagiu logo:


– Bom dia. Muito prazer. Belas sandálias. Eu sou uma executiva bem-sucedida e…

– Executiva… Que palavra estranha. De que século veio?

– Do XXI. O distinto vai dizer-me que não conhece o termo ‘executiva’?

– Já ouvi falar. Mas não é do meu tempo.


Foi então que a executiva bem-sucedida teve um insight. A máxima autoridade ali no paraíso aparentava ser um zero à esquerda em modernas técnicas de gestão empresarial. Logo, com seu brilhante currículo tecnocrático, a executiva poderia rapidamente assumir uma posição hierárquica, por assim dizer, celestial ali na organização.


– Sabe, meu caro Pedro. Se me permite, gostaria de lhe fazer uma proposta. Basta olhar para essa gente toda aí, só na palheta e andando a toa, para perceber que aqui no Paraíso há enormes oportunidades para dar um upgrade na produtividade sistémica.

– É mesmo?

– Pode acreditar, porque tenho PHD em reorganização. Por exemplo, não vejo ninguém usando identificação. Como é que a gente sabe quem é quem aqui, e quem faz o quê?

– Ah, não sabemos.

– Percebeu? Sem controlo, há dispersão. E dispersão gera desmotivação. Com o tempo isto aqui vai acabar em anarquia. Mas podemos resolver isso num instante implementando um simples programa de targets individuais e avaliação de performance.

– Que interessante…

– É claro que, antes de tudo, precisaríamos de uma hierarquização e um organograma funcional, nada que dinâmicas de grupo e avaliações de perfis psicológicos não consigam resolver.

– !!!…???…!!!…???…!!!

– Aí, contrataríamos uma consultoria especializada para nos ajudar a definir as estratégias operacionais e estabeleceríamos algumas metas factíveis de leverage, maximizando, dessa forma, o retorno do investimento do Grande Accionista… Ele existe, certo?

– Sobre todas as coisas.

Óptimo. O passo seguinte seria partir para um downsizing progressivo, encontrar sinergias high-tech, redigir manuais de procedimento, definir o marketing mix e investir no desenvolvimento de produtos alternativos de alto valor agregado. O mercado telestérico, por exemplo, parece-me extremamente atractivo.

– Incrível!

– É óbvio que, para conseguir tudo isso, teremos de nomear um board de altíssimo nível. Com um pacote de remuneração atraente, é claro. Coisa assim de salário de seis dígitos e todos os fringe benefits e mordomias da praxe. Porque, agora falando de colega para colega, tenho a certeza de que vai concordar comigo, Pedro. O desafio que temos pela frente vai resultar num Turnaround radical.

– Impressionante!

– Isso significa que podemos partir para a implementação?

– Não. Significa que a senhora terá um futuro brilhante… se for trabalhar com o nosso concorrente. Porque acaba de descrever, exactamente, como funciona o Inferno…


Max Gehringer

(Revista Exame)

NOVO CÓDIGO DE TRABALHO (2010-2013 segundo o PEC)

ALTERAÇÃO AO CÓDIGO DO TRABALHO


*1. INDUMENTÁRIA: *

Informamos que o funcionário deverá trabalhar vestido de acordo com o seu Salário.
Se o virmos calçado com uns ténis Adidas de €100 ou com uma bolsa Gucci de €150, presumiremos que está muito bem de finanças e portanto, não precisa de aumento.
Se ele se vestir de forma pobre, será um sinal de que precisa aprender a controlar melhor o seu dinheiro para que possa comprar roupas melhores e portanto, não precisa de aumento.
E se ele se vestir no meio-termo, estará perfeito e portanto, não precisa de aumento.


*2.AUSÊNCIA DEVIDO A DOENÇA: *

Não vamos mais aceitar uma declaração do médico como prova de doença.
Se o funcionário tem condições para ir até ao consultório médico também tem para vir trabalhar.


*3. CIRURGIA: *

As cirurgias são proibidas.
Enquanto o funcionário trabalhar nesta empresa, precisará de todos os seus órgãos, portanto, não deve pensar em tirar nada. Nós contratámo-lo inteiro.
Remover algo constitui quebra de contrato.


*4. AUSÊNCIAS DEVIDO A MOTIVOS PESSOAIS: *

Cada funcionário receberá 104 dias para assuntos pessoais, em cada ano.
Chamam-se Sábados e Domingos.


*5. FÉRIAS: *

Todos os funcionários têm direito a gozar ainda mais 12 dias de férias nos seguintes dias de cada ano:
1 de Janeiro,
Dia de Páscoa
25 de Abril,
1 de Maio,
Dia do Corpo de Deus
10 de Junho,
15 de Agosto,
5 de Outubro,
1 de Novembro,
1 de Dezembro.
8 de Dezembro.
25 de Dezembro.


*6. AUSÊNCIA DEVIDO AO FALECIMENTO DE ENTE QUERIDO: *

Esta não é uma justificação para perder um dia de trabalho.
Não há nada que se possa fazer pelos amigos, parentes ou colegas de trabalho falecidos.
Todo o esforço deverá ser empenhado para que os não-funcionários cuidem dos detalhes. Nos casos raros, onde o envolvimento do funcionário é necessário, o enterro deverá ser marcado para o final da tarde.
Teremos prazer em permitir que o funcionário trabalhe durante o horário do almoço e, daí sair uma hora mais cedo, desde que o seu trabalho esteja em dia.


*7. AUSÊNCIA DEVIDO À SUA PRÓPRIA MORTE: *

Isto será aceite como desculpa. Entretanto, exigimos pelo menos15 dias de aviso prévio, visto que cabe ao funcionário treinar o seu substituto.


*8. O USO DO WC: *

Os funcionários estão a passar tempo demais na casa de banho.
No futuro, seguiremos o sistema de ordem alfabética. Por exemplo, todos os funcionários cujos nomes começam com a letra ‘A’ irão entre as9:00 e 9:20, aqueles com a letra ‘B’ entre 9:20 e 9:40, etc. Se não puder ir na hora designada, será preciso esperar a sua vez, no dia seguinte.
Em caso de emergência, os funcionários poderão trocar o seu horário com um colega. Ambos os chefes dos funcionários deverão aprovar essa troca, por escrito.
Adicionalmente, agora há um limite estritamente máximo de 3minutos na sanita. Acabando esses 3 minutos, um alarme tocará, o rolo de papel higiénico será recolhido, a porta da sanita abrir-se-á e uma foto será tirada. Se for repetente, a foto será afixada no quadro de avisos e Intranet do Serviço com o título infractor Crónico.


*9. A HORA DO ALMOÇO: *

Os magros têm 30 minutos para o almoço, porque precisam comer mais para parecerem saudáveis.
As pessoas de tamanho normal têm 15 minutos para comer uma refeição balanceada que sustente o seu corpo mediano.
Os gordos têm 5 minutos, porque é tudo que precisam para tomar uma salada e um moderador de apetite.
Muito obrigado pela sua fidelidade à nossa empresa. Estamos aqui para proporcionar uma experiência laboral positiva. Portanto, todas as dúvidas, comentários, preocupações, reclamações, frustrações, irritações, desagravos, insinuações, alegações, acusações, observações, consternações e quaisquer outras… ões’ deverão ser dirigidas para outro lugar.

Pois é…

É preciso que se saiba que:

“… Os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro,

Mas os nossos gestores recebem, em média:
– mais 32% do que os americanos;
– mais 22,5% do que os franceses;
– mais 55 % do que os finlandeses;
– mais 56,5% do que os suecos”

(dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/09)



E são estas “inteligências” (?) que chamam a nossa atenção: “os portugueses gastam acima das suas possibilidades”.

O Que é um Loop?

Para quem não conhece o conceito de LOOP: trata-se de uma terminologia assim nomeada por estudiosos de informática, para definir uma confusão criada, que não possui uma explicação concreta para a solução do problema…

Bem, vou tentar explicar em poucas palavras esta famosa terminologia:
Diz-se que um programa de computação “entrou em loop” quando acontece a seguinte situação:
O director chama sua secretária e diz:
– Senhorita Vanessa: Tenho um seminário na Argentina por uma semana e quero que você me acompanhe. Por favor, faça os preparativos da viagem…
A secretária liga para seu marido:
– Alô, João! Vou viajar para o exterior com o director por uma semana. Cuide-se meu querido!
O marido liga para sua amante:
– Eleonor, meu amor. A bruxa vai viajar para o exterior por uma semana, vamos passar esta semana juntos, minha princesa…
No momento seguinte, a amante liga para o menino para quem dá aulas particulares:
– Joãozinho, estou com muito trabalho esta semana e não vou poder te dar aulas…
A criança liga para seu avô:
– Vovô, esta semana não terei aulas, minha professora estará muito ocupada. Vamos passar a semana juntos?
O avô (que é o director desta história) chama imediatamente a secretária:
Senhorita Vanessa venha rápido – Suspenda a viagem, vou passar a semana com meu netinho que não vejo há um ano, por isso não vamos participar mais do seminário. Cancele a viagem e o hotel.
A secretária liga para seu marido:
– Ai amorzinho! O babaca do director mudou de ideias e acabou de cancelar a viagem.
O marido liga para sua amante:
– Amorzinho, desculpe! Não podemos mais passar a semana juntinhos! A viagem da bruxa da minha mulher foi cancelada.
A amante liga para o menino a quem dá aulas particulares:
– Joãozinho, mudei os planos: esta semana teremos aulas como de costume.
A criança liga para o avô:
-Vovô! A velha da minha professora me disse que terei aulas. Desculpe mas não vamos poder ficar juntos esta semana.
Seu avô liga para a secretária:
– Senhorita Vanessa , o meu neto acabou de ligar-me a dizer que não vai poder ficar comigo essa semana, porque terá aulas. Portanto dê prosseguimento à viagem para o Seminário.

Entendeu agora o que é um LOOP?

Tudo pelo bem do povo…

Mas ainda existiam dúvidas que PS, PSD e CDS são verdadeiros irmãos?
E que o único problema entre eles é a distribuição dos despojos…
Seja o PSD, seja o PS… com a ajuda do CDS… o objectivo é sempre o mesmo, o que pode mudar são os atalhos.
Um dos objectivos destes partidos é deixar intocável o enriquecimento através da especulação e da exploração do da mão-de-obra.
Falou-se da tributação das mais valias bolsistas, mas não se explicou ao Zé povinho que não são todas as mais valias que são tributadas; Sendo que as mais valias que são conseguidas através de fundos estão intocáveis e confidenciais…
e quem usa esses fundos? Não é o Zé povinho, são os banqueiros, amigos e suas empresas…
Uma das coisas muito simples que estes senhores do PSD, PS e CDS ainda não explicaram… porque é que o Zé povinho tem que pagar todos os anos o imposto da sua casinha, que ainda está a pagar ao banco… enquanto as grandes empresas dos banqueiros constituem SGPS, alocam a essas empresas o seu património enorme de imóveis e NÃO PAGAM UM CÊNTIMO DE IMPOSTO SOBRE ESTES IMÓVEIS.
Será que alguém sabe-me explicar a lógica…

PORTUGUESES … SERÃO MESMO COMO OS OUTROS ?!! …

Um amigo meu comprou um frigorífico novo e, para se livrar do velho, colocou-o em frente do prédio, no passeio, com o aviso : “Grátis e a funcionar. Se quiser, pode levar”.

O frigorífico ficou três dias no passeio, sem receber um olhar dos passantes. Ele chegou à conclusão que as pessoas não acreditavam na oferta. Parecia bom de mais para ser verdade e mudou o aviso : “Frigorífico à venda por 50,00”

No dia seguinte, tinha sido roubado !

Cuidado ! Este tipo de gente vota !
_____________________________________

Ao visitar uma casa para alugar, o meu irmão perguntou à agente imobiliária para que lado era o Norte, porque não queria que o sol o acordasse todas as manhãs.

A agente perguntou: “O sol nasce no Norte ?”

Quando o meu irmão lhe explicou que o sol nasce a Nascente (aliás, daí o nome) e que há muito tempo que isso acontece, ela disse: “Eu não estou actualizada a respeito destes assuntos”.

Ela também vota !
____________________________________________

Trabalhei uns anos num centro de atendimento a clientes em Ponta Delgada – Açores. Um dia, recebi um telefonema de um sujeito que perguntou em que horário o centro de atendimento estava aberto. Eu respondi : “O número que o senhor discou está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

Ele então perguntou : “Pelo horário de Lisboa ou pelo horário de Ponta Delgada ?”

Para acabar logo com o assunto, respondi : “Horário do Brasil.”

Ele vota !
_______________________________________

Um colega e eu estávamos a almoçar no self-service da empresa, quando ouvimos uma das assistentes administrativas falar a respeito das queimaduras de sol com que tinha ficado, por ter ido de carro para o litoral.

Estava num descapotável, por isso, “não pensou que ficasse queimada, pois o carro estava em movimento.”

Ela também vota !
_____________________________________

A minha cunhada tem uma ferramenta salva-vidas no carro, para cortar o cinto de segurança, no caso de ficar presa nele. Mas guarda a ferramenta no porta-bagagens !

A minha cunhada também vota !
_____________________________________

Uns amigos e eu fomos comprar cerveja para uma festa e notámos que as grades tinham desconto de 10%. Como era uma festa grande, comprámos 2 grades.

O caixa multiplicou 10% por 2 e fez-nos um desconto de 20% …

Ele também vota !
_______________________________________

Saí com um amigo e vimos uma rapariga com uma argola no nariz, ligada a um brinco por meio de uma corrente. O meu amigo disse : “Será que a corrente não dá um puxão no nariz, cada vez que ela vira a cabeça ?”

Expliquei-lhe que o nariz e a orelha de uma pessoa permanecem à mesma distância, independentemente da pessoa virar a cabeça ou não.

O meu amigo também vota !
________________________________________

Ao chegar de avião, as minhas malas nunca mais apareciam na área de recolha da bagagem. Fui então ao sector da bagagem extraviada e disse à funcionária que as minhas malas não tinham aparecido.

Ela sorriu e disse-me para não me preocupar, porque ela era uma profissional treinada e eu estava em boas mãos. “Agora diga-me uma coisa, perguntou ela … o seu avião já chegou ?”

Ela também vota !
_______________________________________

Numa pizzaria, quando estava à espera de ser atendido, vi um homem a pedir uma pizza para levar para casa. Estava sozinho, e o empregado perguntou se ele preferia que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6.

Ele pensou algum tempo, e respondeu : “Corte em 4 pedaços; acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços.”

Isso mesmo, ele também vota !

por soproleve Publicado em Humor